O Programa de Pós-Graduação em Artes (código 15001016055P1) encontra-se na Área de Avaliação em ARTES/MÚSICA e sua Área de Concentração é em Artes. Desenvolve atualmente cursos em duas modalidades: o Mestrado Acadêmico, recomendado em 24/04/2008 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); e o Doutorado, cujo funcionamento foi autorizado em dezembro de 2015 e cuja primeiro Processo Seletivo se deu no primeiro semestre de 2016.

Com a implantação do Programa de Pós-Graduação em Artes, desenvolveu-se na região norte do país, na capital de Belém do Pará, a única e relevante alternativa para a formação de pessoal, em termos de pós-graduação na área de Arte, abrangendo as linguagens artísticas de Música, Visuais, Cênica e suas interfaces. O Programa mantém um constante intercâmbio com importantes polos intelectuais do cenário nacional e internacional.

Os objetivos do Programa são: formar pesquisadores em artes; preparar profissionais qualificados para o exercício das atividades de ensino, pesquisa e produção de conhecimento na área; oferecer, no âmbito de uma universidade pública e gratuita, um espaço qualificado de aprofundamento do conhecimento teórico técnico e cultural na área de artes; contribuir para a produção de pesquisas de bases teóricas e técnico-científicas em artes e suas interfaces; fortalecer uma massa crítica que fomente o desenvolvimento educacional e artístico-cultural, particularmente na região norte do país; promover a articulação entre a prática artística e as teorias e conceitos estéticos, culturais e literários; favorecer a interação entre a pesquisa acadêmica e o contexto artístico-cultural; atender a uma demanda resultante do crescimento da pesquisa em artes no Brasil, provendo o estado e a região de cursos de pós-graduação stricto sensu na área.

Atualmente, o Programa possui 18 docentes permanentes, 01 professor visitante e 01 colaborador. Dos docentes do PPGArtes, 14 já concluíram estágio pós-doutoral. Entre os discentes, há atualmente 46 mestrandos, 41 doutorandos (acadêmico) e 14 mestrandos do mestrado profissional, todos regularmente matriculados até o primeiro semestre de 2018. Destaca-se o envolvimento dos corpos docente e discente do PPGARTES nos demais níveis de ensino da UFPA: técnico e graduação, com destaque para o Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR.

Caracterizado como programa multidisciplinar em Artes, abrange as subáreas de Visuais, Cênicas e Música e suas interfaces, com projetos aglutinados em três linhas de pesquisa, quais sejam:

Linha de Pesquisa 1: Poéticas e Processos de Atuação em Artes - Estudos prático-reflexivos relativos à produção e atuação artística, considerando-se a diversidade de expressões, linguagens, performances, espetacularidades, metodologias, suportes e tecnologias. Justificativa: A Linha de Pesquisa 1 é dedicada à pesquisa em Artes, com foco nas poéticas, nos modos de atuação, na construção e apresentação de uma obra artística - espetáculo, exposição, documentário, concerto, etc. - acompanhada de texto reflexivo. É a linha apropriada para o artista-pesquisador. As reflexões produzidas por artistas e por artistas-pesquisadores constituem embasamento importante (mas não exclusivo) nesta linha.

Linha de Pesquisa 2: Teorias e Interfaces Epistêmicas em Artes - Estudos sobre teorias do conhecimento nas artes e suas perspectivas epistêmicas, em conexões inter e transdisciplinares, com outras áreas do conhecimento. Contribuições das práticas e modalidades dos saberes em arte nas interfaces entre o local e o global e no diálogo entre culturas. Justificativa: A Linha de Pesquisa 2 é dedicada à pesquisa teórica de/sobre artes e interfaces epistêmicas entre artes e outras áreas do conhecimento (como as ciências, a sociologia, a filosofia e a antropologia, por exemplo). Autores focados nos trânsitos entre áreas de conhecimento constituem embasamento importante (mas não exclusivo) nesta linha.

Linha de Pesquisa 3: História, Crítica e Educação em Artes - Estudos teórico-aplicados sobre modalidades de expressão, métodos e práticas artísticas na história, na crítica e na educação, considerando seus respectivos aspectos disciplinares, inter e transdisciplinares. Justificativa: A Linha de Pesquisa 3 é dedicada à pesquisa teórica e/ou teórico- aplicada de/sobre artes em relações com as disciplinas que, tradicionalmente, são consideradas campo da arte em comum com outros campos do conhecimento (história da arte, filosofia da arte, crítica de arte e arte-educação, por exemplo). Autores dedicados a estas subáreas de conhecimento constituem embasamento importante (mas não exclusivo) nesta linha.

Ressalta-se que os projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes estão diretamente articulados às linhas de pesquisa do programa, assim como os projetos de mestrado e doutorado por eles orientados e, também, as disciplinas ministradas, as quais buscam servir de subsídio para a produção intelectual do programa como um todo. Vale dizer que, entre as disciplinas ofertadas, constam itens obrigatórios diretamente em diálogo com a construção metodológica das pesquisas em desenvolvimento, e um quadro de disciplinas optativas, recomendadas aos discentes conforme as linhas de pesquisa às quais seus projetos estejam articulados, constituindo-se, portanto, como embasamento epistemológico relevante para as pesquisas em andamento, em diálogo com referenciais outros, além dos específicos dos projetos de cada estudante.

Código: 15001016055P1

Área de Avaliação: Artes/Música

Área de Concentração:  Artes

Modalidade: MESTRADO ACADÊMICO - Data da Recomendação: 24/04/2008 - Portaria MEC de Reconhecimento do Curso

Nota do Curso de Mestrado: 4

O Curso de Mestrado Acadêmico em Artes, em 2008 foi autorizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) com funcionamento no Programa de Pós-Graduação em Artes do Instituto de Ciências da Arte da Universidade Federal do Pará, a primeira turma foi constituída no ano de 2009.

PERCURSO ACADÊMICO

Área de Concentração:  Artes

Modalidade: DOUTORADO ACADÊMICO - Data de Recomendação: 11/Dez/2015 - 161a Reunião do CTC CAPES

Nota do Curso de Mestrado: 4

Em Dezembro de 2015 foi autorizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) o funcionamento do Curso do Doutorado Acadêmico em Artes. O primeiro Processo Seletivo se deu no primeiro semestre de 2016, com a oferta de 15 vagas, distribuídas entre as 3 linhas de pesquisa do curso.

PERCURSO ACADÊMICO